domingo, 14 de novembro de 2010

“Todo artista tem de ir aonde o povo está”

Mas comigo é diferente, eu ando atrás dos meus ídolos. Muitas vezes já saí de Belo Horizonte para ver um espetáculo em São Paulo ou Rio de Janeiro. Mas hoje foi diferente, saí de Belo Horizonte para ir ao Teatro Municipal Manoel Franzen de Lima em Nova Lima, para ver o espetáculo Música de Brinquedo com o PATO FÚ. Na verdade, eu e a minha esposa aceitamos o convite do meu Genro e da minha filha para ir a este espetáculo.

Eu fico feliz porque a diferença de idade entre nós, não impede que curtamos o mesmo som. Eles gostam dos meus ídolos e me ensinam a gostar dos ídolos deles. Foi assim com o PATO FÚ. Ao me apresentarem a música: “Sobre o Tempo” Não imaginaram que eu iria curtir o PATO FÚ como eles.

Mas foi pela voz calma da Fernandinha Takai que eu me apaixonei. E aos pouco descobri as coisas lindas que ela fazia. E comecei correr atrás. E descobri o vasto repertório que ela tem. Da carreira com o PATO FÚ à carreira solo, cantando Nara Leão. Que coisa Linda! E a incursão pelas escritas e as crônicas publicadas no Jornal Estado de Minas, às Terças-Feiras.

Hoje foi a vez de “Música de Brinquedo”. Que Maravilha! Que Simplicidade! Que Arte! Os brinquedos sonoros de crianças ganham vida e se tornam membros de uma orquestra. Aquelas músicas que a gente pode chamar de músicas para toda a vida, ganham uma roupagem infantil e encantam crianças e principalmente adultos.

Não dá para falar mais. Se você tiver oportunidade, vá assistir ao espetáculo, compre o CD e experimente a emoção de ver e ouvir o som dos brinquedos de seus filhos sob a regência do PATO FÚ.


5 comentários:

AdaPri disse...

Importante ter a mente aberta pra conhecer e gostar de coisas, até então, desconhecidas.
Adorei o post!

Rosa maria disse...

parabens meu Amigo por curtir esse lado bom da vid ,é assim que cinseguimos ir adiante,bjks

Aline Soares disse...

Adorei! *-*

BRECHOZINHO DA MEL disse...

que legal, post bacana!

Andreia disse...

amei o post, realmente Pato Fu é tudo de bom. Adoro a banda,as músicas.São de uma simplicidade e criatividade incrível.